Festa de Nossa Senhora do Caminho 2019 Maratona Jubilar História de Santa Zita 60 Anos da Paróquia

Festa de Nossa Senhora do Caminho 2019

Dos dias 22 a 25 de agosto a Paróquia estará em festa, venha celebrar conosco a nossa Co-Padroeira Nossa Senhora do Caminho!

Confira as datas do Tríduo...

Maratona Jubilar

Quanto você conhece da nossa querida Paróquia Santa Zita? Participe da Maratona Jubilar e teste seus conhecimentos sobre a sua história!

Participe no Facebook...

Quem foi Santa Zita?

Conheça um pouco mais da história da nossa padroeira, que nasceu e viveu em humildade e servidão no interior da Itália, e aprenda a sua oração!

Mais...

60 Anos

Estamos na contagem regressiva para o Jubileu de Diamante de nossa querida Paróquia Santa Zita!





A PARÓQUIA

Uma Paróquia, duas padroeiras, centenas de histórias...




Altar da Paróquia Santa Zita

Quem poderia imaginar quantas histórias de vida, trabalho pastoral e diversidade poderíamos encontrar na nossa querida Paróquia?

Talvez os mais jovens ou até mesmo os que chegaram a pouco mais de vinte ou trinta anos não conheçam as história das missas celebradas a céu aberto, do suor, trabalho e dedicação dos pioneiros que por aqui passaram!

Santa Zita – Jovem italiana da região de Lucca, trabalhou a vida toda como doméstica. Por isso o Papa Pio XII proclamou-a Padroeira das Empregadas Domésticas.

Nossa Senhora do Caminho – Devoção Mariana das tradições Portuguesas, da Vila de Mogadouro, Diocese de Bragança, Portugal. A região da Paróquia é povoada de Famílias Portuguesas, que inclusive ajudaram nas obras de construção da atual igreja.

Remonta a história que no ano de 1958 foi celebrada uma Missa na Praça Vista Alegre e constituída uma comissão, com o apoio das religiosas da “Ordem de Santa Zita no Brasil” para os trabalhos de construção da Paróquia Santa Zita, naquela região do bairro de Vila Maria Alta.

Nos anos que se seguiram, as Missas eram celebradas aos domingos defronte à residência da família do Sr. João Rodrigues que colocou sua casa à disposição, até que se adquirisse o terreno e construísse a igreja. Porém, toda semana era preciso encontrar um Padre que tivesse disponibilidade para celebrar para aquela comunidade que se iniciava. Conseguiam. Até que um Frei Carmelita, Thomas Motta Navarro, passa a “cuidar” daquela comunidade, inclusive visitando as famílias. As Madre Maria Amélia da Santíssima Trindade e Irmã Maria Corintha da Santa Cruz cuidavam das atividades catequéticas. Isso deu grande ânimo e empenho para os trabalhos de construção da Paróquia.

Já em 1959, no dia de São Pedro, celebrou-se, com a presença do Bispo Auxiliar de São Paulo D. Paulo Rolim Loureiro, a 1ª Missa no terreno da atual Igreja. Ao lado construiu-se uma Capela pequena, simples e provisória, onde hoje estão as duas primeiras salas da escola.

Em 21 de Abril de 1960 deu-se portanto a “Instituição Canônica” da Paróquia, em Celebração presidida pelo Cardeal Arcebispo D. Carlos Carmelo de Vasconcelos Mota. O primeiro Pároco foi o Padre Rodolfo Inácio Schebesta que permaneceu até o final de 1963 quando assumiu a Paróquia o Padre Antonio Biselli.


Padre Antonio Biselli

Em Janeiro de 1966 é lançada a Pedra Fundamental da atual Igreja. Simultaneamente, Pe. Biselli investe na Educação das crianças do bairro e com a ajuda das Irmãs “Mestras Pias Filippini” concretiza seu projeto com a instalação da “Escola Paroquial Santa Zita”, em 1968.

Em 1970 estava concluída a nova e atual Igreja Matriz da Paróquia Santa Zita e Nossa Senhora do Caminho. Pe. Biselli ali permaneceu até sua morte em 2004 (10 Fev 1927 – Itália / 02 Mai 2004 – Brasil).

No início do ano de 2001, estando Pe. Biselli com a saúde muito debilitada, chegaram para auxiliá-lo os Padres Roberto Crispim e Jader Francisco Peres, sendo este último após a morte de Pe. Biselli nomeado Pároco. Após Pe. Jader, em 2008 assume a Paróquia Pe. Bernardo William Echeverry Cañas, administrando a Paróquia até janeiro de 2012 quando assume o Pe. Mauricio Vieira de Souza. Este é enviado como pároco em 2016 à Igreja Matriz de Sant'Ana, chegando assim para assumir o posto Padre Marcel Martineau, que está conosco até os dias atuais.





Realizações de Pe. Antonio Biselli


  • 1966 - Lançamento da pedra fundamental para construção da nova Paróquia;
  • 1968 - Fundação da Escola Paroquial Santa Zita;
  • 1970 - Inauguração da nova Paróquia;
  • 1978-1982 - Mantém vigoroso Grupo de Jovens, com cerca de 200 membros;
  • 1991 - Assume a Pastoral da Juventude (PJ) da Região Episcopal Santana;
  • 1992 - Inaugura a Casa da Juventude (CAJU) da Região, ano em que o tema da Campanha da Fraternidade foi Juventude e Fraternidade;
  • 1996 - Lança a Pastoral da Saúde na Paróquia e na Região Episcopal Santana.

  • Até os anos 90 Pe Biselli sempre acordava muito cedo; aos domingos lia cinco jornais, e depois se preparava para celebrar as cinco missas dominicais: às 7h, 8h, 9h, 10h e 18horas.

  • Vocações suscitadas na Paróquia: Pe. Mauricio Luchini, Pe. Claudio, Pe. Toninho Moura, Pe. Frank Antonio de Almeida e Irmã Maria da Guia.